Pesquisa de Mercado: algo novo está acontecendo!

As pesquisas mostram que cerca de 24% das empresas criadas no Brasil, não sobrevivem aos primeiros dois anos, os motivos mais evidentes são fatores econômicos, falta de planejamento ou inadimplência. O desconhecimento do mercado em que atuam ou atuarão também colabora para um resultado negativo. Hoje o saber qual o potencial do mercado em que atua ou quer atuar, é fundamental para qualquer empresa. No caso de empresas com atuação em diferentes regiões, cidades ou estados é necessário analisar o potencial mercadológico de cada região, levando em consideração suas características e tamanho. Uma empresa não pode se dar ao luxo de cometer erros, que podem custar muito dinheiro, por isso é importante a pesquisa de mercado e seus resultados, pode antecipar o que vem no mercado, o que o público espera, ajudando na tomada de decisão.

O comportamento das pessoas é derivado da organização da sociedade. E a sociedade está mudando. Se olharmos para apenas um fator de mudança, já encontraremos muitas razões para isso: as cidades. A principal plataforma de organização humana está concentrando quase toda a população do Planeta. Hoje, no mundo, já são 54% que vivem em sistemas urbanos. Até 2050, serão 66%. No Brasil, éramos 56% em 1970. Atualmente, já somos 80%. Em 1990, o Planeta abrigava 10 megacidades, reunindo nelas 153 milhões de pessoas. Em 2014, já eram 28 megacidades, com 453 milhões de almas.

Além disso, estaremos totalmente conectados, entre nós e com nossos objetos, através de redes de computadores. Hoje, já somos 86 milhões de brasileiros “conectados”. Em todo o Planeta, são 3 bilhões de pessoas. (Até 2019, outro bilhão se somará a elas). A Internet também será das coisas. Até 2017, teremos mais “objetos comuns” (carros, roupas, e outros) conectados à Internet que os chamados “produtos de informática” (computadores, tablets, tvs smart ou conectadas, e smartphones).

Algo novo está acontecendo, pois estamos convivendo em um só espaço, e interconectados. Isso nos libera para comportamentos de novas apropriações do espaço e do tempo. A grande mudança em marcha é que as pessoas estão construindo sistemas mais ajustados às suas necessidades. Nós estamos percebendo um aumento da demanda em um de nossos serviços, que é a pesquisa de mercado, e para isso vou ensinar a vocês a como realizar uma pesquisa de mercado e ter eficácia em seu negócio. 

1º passo – Defina o objetivo da pesquisa: o que você quer descobrir com ela? (Pode ser para definir a qualidade e a variedade dos produtos, ajustar preços ou dimensionar o tamanho da equipe de vendas, por exemplo).

2º passo – Estabeleça quem é o público-alvo da pesquisa (são os fornecedores, os consumidores ou os concorrentes?). O público é definido com base no objetivo da pesquisa.

3º passo – Defina o tamanho da amostra da pesquisa, isto é, quantas pessoas deverão respondê-la.

4º passo – Elabore um roteiro básico de perguntas. Elas devem:

§  ser simples, diretas e imparciais;

§  ser testadas internamente antes de aplicadas junto aos consumidores, visando realizar ajustes para que tenham fácil entendimento junto aos entrevistados;

§  conter todos os aspectos que se deseja detectar, como aceitação do produto, se a necessidade do consumidor será atendida, o quanto imaginam que vão consumir e opiniões gerais sobre o produto. 

Para lidar com novas realidades, precisamos também de novas ideias. No mundo dos negócios, é urgente que se desenvolvam novas competências, para operar de forma mais eficiente, com leveza, mobilidade, e agilidade. Para tanto, é fundamental remodelar a cultura da ação executiva. O mundo empresarial desenvolveu-se com base em métodos positivistas, onde para toda a decisão deve haver um fato, um número, uma segurança quantificável. Para lidar com o novo movimento de mudanças são igualmente necessárias as capacidades de lidar com paradoxos, de achar conexões intuitivamente, incluir sentimentos no processo analítico, adotar práticas criativas e gerar valor na diversidade.

 Imprimir  E-mail