3 PERGUNTAS SOBRE AUTOCONHECIMENTO PARA A SI MESMO

Dizem que a expectativa é a mãe da decepção. Sinceramente, não sei se discordo ou concordo com essa afirmação, mas é inegável que, à medida que o tempo passa e vamos acumulando bagagem, conscientemente ou não, fazemos balanços de nossas metas e objetivos da vida individuais. E como (quase) nunca as coisas acontecem da maneira que almejamos, existe uma grande probabilidade de nos depararmos com a frustração. 

O autoconhecimento é um dos melhores caminhos para lidar com a nossa realidade da maneira que ela simplesmente é, sem firulas. Isso mesmo, um conceito que, de tão simples, é amplamente abordado por psicólogos, coachees e líderes espirituais. Contudo, poucas pessoas o vivenciam efetivamente além das teorias.

Para ajudar nessa busca interna, listo aqui perguntas que sempre faço a mim mesmo sobre sucesso, amor e saúde. Questionar-se, vez ou outra, é necessário para evoluir. Para adquirir conhecimento novo e para jogar fora o que não mais nos pertence. Experimente fazê-las, elas vão clarear muita coisa na sua vida. Podem até potencializar surpreendentes descobertas. 

1. A sua definição de ser bem-sucedido na vida é exclusivamente sua ou você está comprando o discurso de outras pessoas?

Ser um executivo, ter casa e carro antes dos 30, um casamento e dois filhos de fazer inveja. Quem nunca pensou nesse ideal de sucesso? Não há nada de errado com ele, a questão é que as  pessoas são diferentes e pensam de formas distintas, logo, se quase todo mundo deseja sempre as mesmas coisas é porque existe uma sociedade e uma mídia com enorme poder de persuasão, que nos fazem sentir insatisfeitos com o que temos e tentam nos vender um "combo" da felicidades e do sucesso, que geralmente tem pouca durabilidade.

2. Você busca relacionamentos com base no que deseja ou naquilo que lhe foi ensinado e reforçado sobre o que é ideal? 

Casa ou não casa? Preciso necessariamente me envolver com alguém do sexo oposto? Casar ou não casar? Tenho que usar aliança e assim ter o meu relacionamento validado pela família, pelo papa e por uma sociedade - na maioria das vezes -  hipócrita? Vale à pena refletir...

3. Você se alimenta e se exercita pensando no seu bem-estar ou está mais preocupado em atingir  padrões de beleza? 

Ser bonito, saudável ou ambos? Qual o motivo pelo qual você consome o tão famoso suco detox? Você puxa ferra pra ficar "gostosa" pros outros? Você faz dieta para atingir um peso saudável e normalizar seus exames ou por achar que uma boa aparência te faz melhor que os outros? 

As respostas são individuais e não cabe a ninguém - muito menos a mim - julgá-las. O importante é que elas sejam dadas exclusivamente com base no que você acredita, e não em função dos outros. 

 Imprimir  E-mail